Máquina de Salgados

Máquina de salgados: Como aumentar sua produção

Coxinhas, quibes, bolinhas de queijo, croquetes, são delícias que não podem faltar nas festas infantis, casamentos, chá de bebê e até para recepcionar amigos em casa. E vamos falar um pouco de como ganhar dinheiro e aumentar a produção com a Máquina de Salgados e doces da Rimaq.

Máquina de Salgados

A Máquina de Salgados e Doces

Já pensou em fazer mais de 1.200 salgadinhos por hora? É claro que seria impossível fazer manualmente, mas com a Máquina da Rimaq isso é possível. E a máquina tem autonomia de 8 horas de trabalho, ou seja, 9.600 por dia. Resumindo: MAIS PRODUÇÃO = MAIS LUCRO!

Nossa máquina foi desenvolvida por engenheiros que há décadas atuam na área de alimentação. Fabricada em aço inox atendendo a todos os padrões de Higiene e Segurança exigidos no mercado.

Solicite um Orçamento

Com a máquina você pode fazer diversos tipos de salgados e doces como coxinha, quibe, bolinho de carne, croquete, bolinha de queijo, nhoque recheado, empadas, pão de queijo, brigadeiro, beijinho e até churros*.

*Forma de churros não acompanha a máquina.

Máquina de Salgados

O Mercado de Salgados e Doces

Apesar da crise, o mercado de festas e eventos continuou em crescimento em 2015. Um exemplo é o setor de festas infantis, que segundo o SEBRAE, tem um crescimento de 30% ao ano. Ou seja, o mercado de salgados e doces no Brasil acompanha esse crescimento, já que uma festa não é completa sem essas delícias.

Em média, o cento de salgados e doces é vendido por R$ 35. Então se você vender a produção de um dia, seu faturamento será de R$ 3.360. Mas para que se destaque no mercado de salgadinhos e doces você precisará focar na qualidade da matéria prima do seu produto, armazenamento, padrão no tamanho, opções de sabores e na embalagem.

Foque também na divulgação, tire fotos de qualidade já que começamos “comendo pelos olhos”, procure referências em sites, divulgue nas redes sociais, faça seu cartão de visita, folhetos e distribua.

Saiba mais: www.maquinadesalgados.com.br

Autor: Rimaq30

Comentários

146 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *