Superação e Empreendedorismo - Nego Nato

Uma história de superação e empreendedorismo

Todos os dias vemos pessoas reclamando da vida, que perdeu o emprego, não aguenta mais as dificuldades e nem sabem por onde recomeçar. Nosso tema de hoje tem tudo a ver com “Superação e empreendedorismo”.

Esperamos que após o texto abaixo, você reflita sobre seu poder de superação.

Superação e Empreendedorismo

Hoje vamos falar sobre uma pessoa que superou suas limitações físicas e preconceitos. Nosso personagem é Renato Nicacio, que prefere ser chamado de Nego Nato. Sua mãe, Regina, teve uma gravidez sem complicações, porém na hora do parto uma hemorragia muito forte deixou sequelas em Nego Nato.

Mesmo com limitações físicas decorrentes da paralisia cerebral, Nego Nato nunca ficou se lamentando e aos 23 anos de idade abriu seu próprio negócio de sublimação. Aprendeu a mexer em programas de edição de imagens, usava uma escova de dente para criar suas próprias artes e estampas no computador, terceirizava a confecção de canecas até que ganhou a sua própria máquina de estampar canecas.

Nego Nato faz questão de entregar pessoalmente os produtos produzidos por ele com a cadeira motorizada que ganhou e quando a entrega é para regiões mais distantes, conta com a ajuda de seus pais.

Atualmente, Nego Nato não faz apenas canecas personalizadas, ele aumentou seu negócio e tem uma pequena fábrica de brindes em sua casa, para atender pequenos volumes. Com máquinas de estampar canecas, camisetas, bonés, de resinar e de fazer chinelos, ele continua pensando em crescer e ajudar sua família.

Nego Nato vende e divulga seu trabalho através de sua página no Facebook (https://www.facebook.com/negonatopersonalizacao/?ref=br_rs).

Existem vários “Nego Nato” no mundo, que superam os obstáculos em busca de algo melhor. Que tal usá-los como inspiração e começar seu próprio negócio para enfrentar as dificuldades?

Superação e Empreendedorismo - Nego Nato

“Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história…”
(Nego Nato – Renato Nicacio)

 

Autor: Rimaq30

Comentários

2 comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *